Nânci Batista

Nasci em Lisboa no ano de 1991 e a minha infância foi passada na margem sul do Tejo. Desde que me conheço por gente que sou “rato de biblioteca”.

Todo o meu percurso foi ligado às crianças e aos adultos que com elas se cruzam. Para mim, a infância é talvez a maior responsabilidade da humanidade.

Em 2017, quando fui mãe nasceu em mim novamente a vontade de criar histórias, desta vez para a minha filha. Mal sabia eu que as criava para mim mesma e para um mundo que sempre sonhei ser possível materializar.

A forma como a poesia faz a nossa mente dançar é algo que me encanta. Escrever em verso é quase como oferecer um passinho de dança ao leitor ou ao ouvinte, através do embalo ritmado das palavras que se cruzam e rodopiam, muitas vezes em sentidos opostos, mas sempre de mãos dadas. A minha primeira história foi escrita em forma de canção, em forma de poema dançante.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.